• 20 de janeiro de 2012

    Tem saída?

    – Então se eu fizer o que ele quer estou fazendo errado porque é para eu “ser eu mesma”.

    – E?…

    – E se faço do meu jeito “sou metida”

    – Exato! Percebeu a situação?

    – Sim, se ficar o bicho pega e se correr o bicho come!!

    – Perfeito! É isso aí. Agora, pense comigo: me parece que você “está errada” de um jeito ou de outro não é mesmo?

    – Sim, é estou errada “por definição” haha.

    – Isso mesmo. Se é assim, eu te pergunto: como você quer “estar errada”?

    – Prefiro errar do meu jeito!

    – Ótimo, agora vamos ajudar você a se organizar para fazer isso!

    – Perfeito.

     

    Se não tem como “fazer certo” erre.

    Não perca tempo discutindo o “certo” e o “errado” e simplesmente erre da forma que tiver mais a ver com a sua pessoa!

    Esse tipo de situação fornece um paradoxo: se faço x estou errada e se faço o oposto também.

    A solução é simplesmente sair fora das regras e errar da forma que melhor lhe parecer.

    Existe a necessidade de se preparar para fazer isso de forma adequada, porém a idéia é essa!

    Comentários