• 9 de junho de 2021

    Porque falar?

    Business photo created by benzoix – www.freepik.com

    – Mas Akim… eu… tá eu sei que eu preciso conversar com ele.

    – Então converse.

    – Mas o que eu vou dizer?

    – Aquilo que você precisa oras!

    – E se ele não aceitar?

    – Ele não precisa, mas você precisa dizer!

     

    Muitas pessoas me perguntam se realmente precisam falar aquilo que lhes incomoda. O fato é que sim, isso se faz necessário. Ninguém precisa ter bola de cristal para adivinhar o que você sente, além disso, tem outros motivos.

    Algumas pessoas tem a tendência a se calarem quando precisam de algo. Seu desejo secreto é que seu parceiro escute seus pensamentos e faça “de livre e espontânea vontade”, aquilo que ele precisa. Isso quase nunca ocorre. Quando ocorre a pessoa que guarda para si suas necessidades, em geral assume que o outro “entendeu”. Novo engano, passado algum tempo o outro “volta a agir como antes”. Novo desespero e ansiedade frente ao temido falar.

    O primeiro passo para conversar com alguém sobre o que nos incomoda ou algo que desejamos é ter plena consciência daquilo que queremos. Muitas pessoas falham nesse ponto, pois quando questionadas, não sabem dizer com clareza aquilo que, de fato, querem. É importante tirar algum tempo para conversar com você mesmo e compreender o que você quer, o motivo pelo qual quer isso e o quanto você pode (se é que pode) negociar.

    O segundo passo é aprender a encontrar o “momento certo”. Isso existe então? Claro. O momento certo é aquele em que você decide falar. Em outras palavras: pare de ficar buscando por alguma consonância astral e crie logo o momento certo. Minha única “dica” é de falar quando as coisas estão boas. Em geral, as pessoas falam o que lhes incomoda quando estão brabas e nervosas. Isso sempre leva à brigas. Quanto mais informal e mais tranquila for a conversa, melhor para todos os envolvidos.

    Aprender a ouvir não e negociar são fatores fundamentais do sucesso em relacionamentos. As pessoas que se calam frente ao que desejam, em geral só sabem ouvir “sim”. Esse cenário fica muito difícil de ocorrer na vida prática. Algumas vezes temos razão, em outras não e em algumas o outro quer, simplesmente negociar termos. Se você tem medo de negociar, tem que aprender a não temer o não e a resistência do outro. Entender isso como parte da vida ajuda a tirar o peso.

    Todos esses passos são a resposta do “porque falar”. Porque, geralmente quem não fala, não sabe organizar as ideias sobre o que quer, não sabe negociar e nem achar o “momento certo”. Assim sendo, falar, não apenas irá resolver o seu problema como também irá torná-lo muito mais apto a lidar com uma série de problemas pessoais. Fale para o outro e ouça o que você está falando, isso ajudará a melhorar sua auto estima, à medida em que você luta pelo que acredita.

    Abraço

    Comentários